Eficácia do dronabinol isolado e em combinação com ondansetrona versus ondansetrona isolada para náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia tardios. - CBfarma

Eficácia do dronabinol isolado e em combinação com ondansetrona versus ondansetrona isolada para náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia tardios.

Comparar a eficácia e tolerabilidade do dronabinol, ondansetrona ou a combinação dos dois para o tratamento de náuseas e vômitos tardios induzidos pela quimioterapia (NVIQ) em um estudo duplo-cego, controlado por placebo, com duração de 5 dias. Pacientes submetidos à quimioterapia moderadamente a altamente emetogênica receberam dexametasona (20 mg via oral), ondansetrona (16 mg via intravenosa) e placebo ou dronabinol (2,5 mg) antes da quimioterapia no dia 1. Os pacientes randomizados para tratamento ativo (dronabinol e/ou ondansetrona) também receberam dronabinol (2,5 mg) após a quimioterapia no dia 1. No dia 2, doses fixas de placebo, dronabinol (10 mg), ondansetrona (16 mg) ou terapia combinada foram administradas. Nos dias 3-5, os pacientes receberam placebo, doses flexíveis de dronabinol (10-20 mg), ondansetrona (8-16 mg) ou dronabinol e ondansetrona (10-20 mg de dronabinol, 8-16 mg de ondansetrona). Principais medidas de resultado: Resposta total (RT = intensidade de náusea <5 mm em escala analógica visual, ausência de vômito/regurgitação, ausência de antiemético de resgate), ocorrência e intensidade de náusea e episódios de vômito/regurgitação. Sessenta e quatro pacientes foram randomizados; 61 foram analisados para eficácia. A RT foi semelhante com dronabinol (54%), ondansetrona (58%) e terapia combinada (47%) em comparação com placebo (20%). A ausência de náusea foi significativamente maior nos grupos de tratamento ativo (dronabinol, 71%; ondansetrona, 64%; terapia combinada, 53%) em comparação com placebo (15%; p < 0,05 vs. placebo para todos). A intensidade de náusea e os episódios de vômito/regurgitação foram menores nos pacientes tratados com dronabinol. Os tratamentos ativos foram bem tolerados. O baixo número de pacientes devido ao recrutamento lento limita a interpretação desses dados. Dronabinol ou ondansetrona foram igualmente eficazes para o tratamento de NVIQ. A terapia combinada com dronabinol e ondansetrona não foi mais eficaz do que qualquer um dos agentes isoladamente. Os tratamentos ativos foram bem tolerados.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação