Dronabinol e proclorperazina em combinação para o tratamento de náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia no câncer - CBfarma

Dronabinol e proclorperazina em combinação para o tratamento de náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia no câncer

O dronabinol (Marinol®, Roxane Laboratories, Columbus, OH) e a proclorperazina foram testados isoladamente e em combinação em um estudo randomizado, duplo-cego, multicêntrico de grupos paralelos. Os pacientes foram randomizados para receber 1) dronabinol 10 mg a cada 6 horas mais placebo; 2) placebo mais proclorperazina 10 mg a cada 6 horas; ou 3) dronabinol e proclorperazina, cada um 10 mg a cada 6 horas. O tratamento antiemético foi iniciado 24 horas antes e continuou por 24 horas após a última dose de quimioterapia; tudo foi administrado por via oral. Apenas 29% dos pacientes no grupo 3, em comparação com 47% no grupo 1 e 60% no grupo 2, apresentaram náuseas após a quimioterapia. Além disso, a duração mediana por episódio e a gravidade das náuseas foram significativamente menores com a terapia combinada. O vômito ocorreu após a quimioterapia em 41%, 55% e 35% dos pacientes nos grupos 1, 2 e 3, respectivamente. A duração mediana por episódio de vômito foi de 1 minuto no grupo 3, em comparação com dois no grupo 1 e quatro no grupo 2. Efeitos colaterais, principalmente do sistema nervoso central, foram mais comuns no grupo 1 do que no grupo 2; a adição de proclorperazina ao dronabinol pareceu diminuir a frequência de efeitos disfóricos observados com o último agente. A combinação foi significativamente mais eficaz do que qualquer um dos agentes isolados no controle de náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação