Uso de cannabis para autogestão da dor pélvica crônica - CBfarma

Uso de cannabis para autogestão da dor pélvica crônica

Foram abordados 240 pacientes, com 113 respostas (taxa de resposta de 47,1%). Havia 26 pacientes que usaram cannabis (23%). A maioria usava pelo menos uma vez por semana (n = 18, 72%). A maioria dos usuários (n = 24, 96%) relatou melhora dos sintomas, incluindo dor, cãibras, espasmos musculares, ansiedade, depressão, distúrbios do sono, libido e irritabilidade. Mais de um terço (35%) afirmou que o uso de cannabis diminuiu o número de telefonemas ou mensagens enviadas ao seu provedor e 39% relataram diminuição do número de consultas clínicas.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação