Segurança e eficácia da cannabis medicinal na fibromialgia - CBfarma

Segurança e eficácia da cannabis medicinal na fibromialgia

A dor crônica pode ser tratada com cannabis medicinal. No entanto, há poucas evidências para apoiar o papel da cannabis medicinal no tratamento da fibromialgia. O objetivo do estudo foi investigar as características, segurança e eficácia da terapia com cannabis medicinal para fibromialgia. Um estudo observacional prospectivo com seis meses de acompanhamento baseado em pacientes com fibromialgia que se dispuseram a responder questionário em uma clínica especializada em cannabis medicinal entre 2015 e 2017. Entre os 367 pacientes com fibromialgia, a média de idade foi de 52,9 ± 15,1, dos quais 301 ( 82,0%) eram mulheres. Vinte e oito pacientes (7,6%) interromperam o tratamento antes dos seis meses de acompanhamento. A taxa de resposta de seis meses foi de 70,8%. A intensidade da dor (escala de 0 a 10) reduziu de uma mediana de 9,0 no início do estudo para 5,0 (p < 0,001) e 194 pacientes (81,1%) obtiveram resposta ao tratamento. Em uma análise multivariada, idade acima de 60 anos (odds ratio [OR] 0,34, 95% C.I 0,16–0,72), preocupações com o tratamento com cannabis (OR 0,36, 95% C.I 0,16–0,80), espasticidade (OR 2,26, 95% C.I 1,08 –4,72) e uso anterior de cannabis (OR 2,46 95% C.I 1,06–5,74) foram associados ao resultado do tratamento. Os efeitos adversos mais comuns foram leves e incluíram tontura (7,9%), boca seca (6,7%) e sintomas gastrointestinais (5,4%). A cannabis medicinal parece ser uma alternativa segura e eficaz para o tratamento dos sintomas da fibromialgia. A padronização dos compostos e regimes de tratamento é necessária.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação