Prescrição de um medicamento à base de THC/CBD para pacientes com demência: um estudo piloto em Genebra - CBfarma

Prescrição de um medicamento à base de THC/CBD para pacientes com demência: um estudo piloto em Genebra

A demência está aumentando em todo o mundo. Nenhum medicamento eficaz está atualmente disponível para o tratamento da doença subjacente e dos sintomas comportamentais associados. Os canabinóides podem ter um efeito benéfico, mas os estudos clínicos com THC sintético (de baixa dose) não foram conclusivos. Testar a aceitabilidade, os aspectos práticos e os resultados clínicos da introdução de um medicamento oral à base de THC/CBD em pacientes com demência grave em uma casa de repouso especializada em Genebra. Este foi um estudo observacional prospectivo. Dez pacientes dementes do sexo feminino com problemas graves de comportamento receberam medicação oral com uma média de 7,6 mg de THC/13,2 mg de CBD diariamente após 2 semanas, 8,8 mg de THC/17,6 mg de CBD após 1 mês e 9,0 mg de THC/18,0 mg de CBD após 2 meses. O óleo à base de THC/CBD foi o preferido. O Inventário Neuropsiquiátrico, a pontuação do Inventário de Agitação de Cohen-Mansfield e uma escala analógica visual de problemas comportamentais diminuíram em 40% após 2 meses, a pontuação de rigidez em 50%. Metade dos pacientes diminuiu ou interrompeu outros medicamentos psicotrópicos. A equipe apreciou a diminuição da rigidez, facilitando os cuidados diários e as transferências, a melhora no contato direto com os pacientes, a melhora no comportamento e a diminuição da constipação com menos opioides. Não houve suspensão da medicação por motivos de efeitos colaterais, e os efeitos persistiram após 2 meses. Um extrato oral de cannabis com THC/CBD, em dosagens mais altas do que em outros estudos, foi bem tolerado e melhorou muito os problemas de comportamento, rigidez e cuidados diários em pacientes com demência grave.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação