Eficácia do tetrahidrocanabinol em pacientes refratários à terapia antiemética padrão - CBfarma

Eficácia do tetrahidrocanabinol em pacientes refratários à terapia antiemética padrão

Delta-9-tetraidrocanabinol (THC) oral, 15 mg/m2, foi comparado com proclorperazina (PCZ), 10 mg. para o controle da êmese relacionada à quimioterapia do câncer. Trinta e seis pacientes cujos vômitos eram refratários à terapia antiemética padrão foram inseridos neste estudo cross-over comparativo randomizado. THC diminuiu náuseas e vômitos em 23 de 36 (64%) pacientes em comparação com 1 de 36 recebendo PCZ. A eficácia do THC não dependeu da classe do agente antineoplásico que induziu os sintomas eméticos, idade dos pacientes ou tipo de alteração sensorial experimentada. Com a dose de 15 mg/m2, todos os pacientes experimentaram alterações sensoriais transitórias, caracterizadas como um “barato” agradável em 19 ou um estado variável de disforia em 17 casos. Este estudo confirma a utilidade do THC em pacientes cujas náuseas e vômitos induzidos por quimioterapia são refratários a outros antieméticos padrão. Enquanto excelente controle antiemético foi alcançado na dosagem de 15 mg/m2, disforia foi encontrada neste nível de dose e recomendamos uma dose inicial de 5 mg/m2 que, se necessário, pode ser cuidadosamente aumentada para alcançar o benefício antiemético máximo.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação