Tratamento da doença de Crohn com cannabis: um estudo observacional - CBfarma

Tratamento da doença de Crohn com cannabis: um estudo observacional

A planta cannabis é conhecida por ter efeitos terapêuticos, incluindo melhora de processos inflamatórios. No entanto, nenhum relato de pacientes usando cannabis para a doença de Crohn (DC) foi publicado. Descrever os efeitos do uso de cannabis em pacientes com DC. Neste estudo observacional retrospectivo, examinamos a atividade da doença, o uso de medicamentos, a necessidade de cirurgia e a hospitalização antes e depois do uso de cannabis em 30 pacientes (26 homens) com DC. A atividade da doença foi avaliada pelo índice de Harvey Bradshaw para a doença de Crohn. Dos 30 pacientes, 21 melhoraram significativamente após o tratamento com cannabis. O índice médio de Harvey Bradshaw melhorou de 14 +/- 6,7 para 7 +/- 4,7 (P < 0,001). A necessidade de outros medicamentos foi significativamente reduzida. Quinze dos pacientes tiveram 19 cirurgias durante um período médio de 9 anos antes do uso de cannabis, mas apenas 2 necessitaram de cirurgia durante um período médio de 3 anos de uso de cannabis. Este é o primeiro relato do uso de cannabis na doença de Crohn em humanos. Os resultados indicam que a cannabis pode ter um efeito positivo na atividade da doença, refletida na redução do índice de atividade da doença e na necessidade de outras drogas e cirurgia. Estudos prospectivos controlados por placebo são necessários para avaliar completamente a eficácia e os efeitos colaterais da cannabis na DC.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação