Os canabinoides inibem a proliferação de queratinócitos humanos através de um mecanismo não CB1/CB2 e têm um potencial valor terapêutico no tratamento da psoríase - CBfarma

Os canabinoides inibem a proliferação de queratinócitos humanos através de um mecanismo não CB1/CB2 e têm um potencial valor terapêutico no tratamento da psoríase

Nós investigamos os fitocanabinoides Δ-9 tetrahidrocanabinol, canabidiol, canabinol e cannabigerol por sua capacidade de inibir a proliferação de uma linha celular de queratinócitos humanos hiperproliferativa e por qualquer envolvimento de receptores canabinoides. Todos os canabinoides testados inibiram a proliferação de queratinócitos de maneira dependente da concentração. Os agonistas seletivos do receptor CB2 JWH015 e BML190 induziram apenas inibição parcial, o agonista não seletivo CB HU210 produziu uma resposta dependente da concentração, a atividade desses agonistas não foi bloqueada por nenhum dos antagonistas CB1/CB2. Esses resultados indicam que, embora os receptores CB possam ter um papel circunstancial na proliferação de queratinócitos, eles não contribuem significativamente para esse processo. Nossos resultados mostram que os canabinoides inibem a proliferação de queratinócitos e, portanto, suportam um papel potencial no tratamento da psoríase.

Faça o upload da sua documentação

Indique o seu médico

Faça o upload da sua documentação